O segredo de John Grisham para publicar mais de 40 livros pode salvar o seu projeto (seja lá qual ele for)
O segredo de John Grisham para publicar mais de 40 livros pode salvar o seu projeto (seja lá qual ele for)

O segredo de John Grisham para publicar mais de 40 livros pode salvar o seu projeto (seja lá qual ele for)

John Grisham é o sexto escritor mais lido nos EUA, publicou mais de 40 livros e vendeu mais de 300 milhões pelo mundo. Em 2016, foi listado como o quarto escritor mais bem pago — superando nomes como Stephen King, George R. R. Martin e Dan Brown.

O que mais me chamou a atenção a seu respeito, porém, foi a história por trás de seu primeiro livro.

Grisham trabalhava como advogado em tempo integral, além de constituir uma família com esposa e dois filhos. Para começar a escrever sua primeira obra, ele estabeleceu uma rotina de escrita diária.

Todos os dias úteis, John acordava às 5 horas da manhã, tomava banho e ia para seu escritório, a cinco minutos de sua casa.

Religiosamente, às 5:30, ele estava com seu café e um bloco de anotações escrevendo suas primeiras palavras do dia. Além do horário, ele tinha um compromisso consigo próprio: escrever uma página por dia.

Algumas vezes, levava 10 minutos para cumprir seu objetivo, outras vezes uma hora ou até mais. Por volta de 9h, assumia seu primeiro compromisso do dia como advogado.

Seguindo essa rotina por três anos, John Grisham se viu realizando o sonho de escrever o primeiro livro: Tempo de Matar.

Não foi um sucesso de vendas, mas foi um sucesso em termos de processo. O autor se viu com um hábito muito bem construído e, repetindo o mesmo método, publicou sua segunda obra: A Firma.

Essa, sim, se tornou bestseller, permitiu que o autor abandonasse sua carreira de advogado e ainda foi transformada em filme.

Como essa história pode ajudar em seu projeto?

1. Identifique o mínimo produto diário

No universo do empreendedorismo e das startups, é muito comum o termo Mínimo Produto Viável (MVP), que se refere ao produto mais simples como uma forma de teste para lançar versões mais elaboradas.

Por exemplo, se você pretende lançar um veículo de locomoção complexo como um carro, é interessante começar de maneira mais simples com uma bicicleta. Depois de testar o desempenho do produto no mercado, você segue desenvolvendo-o.

Partindo da história de Grisham, você deve não apenas pensar no mínimo produto viável, mas também no mínimo produto diário. Ou seja, em seu projeto, o que seria equivalente a uma página?

Escreva uma página todos os dias. Isso resulta em 200 palavras, ou mil palavras por semana. Faça isso por dois anos e você terá um romance longo o bastante. Nada irá acontecer até que você esteja produzindo, pelo menos, uma página por dia. (John Grisham)

2. Crie um compromisso com você mesmo

Não precisa ser em um escritório, nem às 5 da manhã.

Crie um compromisso diário em um local e horário específicos para produzir. No começo, será uma obrigação, mas em breve se torna um hábito.

3. Planeje a longo prazo, execute a curto prazo

É muito comum traçarmos planos do que queremos ser ou fazer daqui 5 meses, ou 5 anos. Mas não planejamos o que será feito amanhã. E para esses planos não serem apenas sonhos, executar é o primeiro passo.

Então, qual é a página que você precisa escrever hoje?

Sou um escritor e produtor de conteúdo, especializado em Escrita Criativa, Storytelling e LinkedIn para Marcas Pessoais. Minhas maiores paixões sempre foram a música, o cinema e a literatura. Escrevendo textos na internet, consegui unir o melhor desses três universos, e o que era um hobby acabou me transformando em LinkedIn Top Voice e, hoje, se tornou minha profissão.

Gostou do texto? Então, compartilhe.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

E para receber os próximos textos em sua caixa de entrada, inscreva-se na Newsletter gratuita.

Comentários