Dimitri Vieira
Como fazer publicação no LinkedIn
Como fazer publicação no LinkedIn

Como fazer publicação no LinkedIn para aumentar o seu engajamento

Se você usa com frequência o LinkedIn, certamente faz publicações na rede e espera que as suas conexões interajam com elas. No entanto, quando isso não acontece, surge a pergunta: como fazer publicação no LinkedIn que faça o engajamento aumentar?

Como essa dúvida é muito frequente, tratei de separar técnicas de como fazer isso, além de apresentar exemplos reais para que você possa colocá-los em prática.

Descubra o tamanho da sua rede

Antes de seguir as técnicas que separei sobre como crescer o engajamento com a sua audiência, é importante conhecê-la em primeiro lugar, a começar pelo seu número de conexões.

Por mais que a nossa reação mais comum seja ver alguém com muitos contatos e pensar o quão importante ele é, o que verdadeiramente importa no LinkedIn é a qualidade dessas conexões

Assim, ao acessar o seu perfil, procure pelo número que fica logo abaixo da sua localidade.

Como fazer publicação no LinkedIn

Ao clicar nesse número, o LinkedIn mostrará o número total das conexões de primeiro grau que você tem.

Como fazer publicação no LinkedIn

Contudo, será que o alcance das suas publicações se restringe somente a esse número exibido? E se somarmos as conexões de primeiro grau das suas conexões? Para saber qual é esse número, basta clicar no botão verde da parte superior e selecionar a segunda opção.

Como fazer publicação no LinkedIn

Após clicar em “exibir resultados”, você verá um número bem maior tal ilustra o print de exemplo abaixo.

Como fazer publicação no LinkedIn

Para expandir ainda mais, você pode optar pela terceira opção para somar as conexões primárias das conexões primárias das suas conexões.

Como fazer publicação no LinkedIn

Após pedir para exibir os resultados, o número será ainda maior que o anterior.

Como fazer publicação no LinkedIn

Saber essas informações, antes de tudo, é essencial para saber o potencial de alcance que você tem, assim como as pessoas que você pode atingir a partir das suas conexões. 

Afinal, as curtidas e os comentários que elas deixam nas suas postagens podem ser vistos por suas conexões primárias. Caso parte delas esteja dentro do seu público ideal, será ótimo. E por falar nisso…

Confira se está prospectando o público esperado

O público esperado em uma estratégia de LinkedIn é estabelecido a partir dos objetivos que você tem na rede. Caso queira se tornar um influenciador, é preciso ter outras autoridades no seu networking. Se quiser achar um emprego, deve chamar a atenção dos líderes de empresas e seus gestores de RH.

Para saber se as suas ações estão atraindo a audiência que você considera a mais apropriada, dentro do seu perfil, vá em “Análise” para conferir a performance dele.

Como fazer publicação no LinkedIn

As visualizações do perfil correspondem a quem o acessou nos últimos 90 dias. Nele, você pode conferir se as pessoas e empresas afins com o seu perfil estão visitando-o.

Nas ocorrências, é possível visualizar quais são as palavras-chave que os usuários estão usando para encontrar o seu perfil, as empresas para as quais trabalham e os cargos que ocupam. 

Como fazer publicação no LinkedIn

Se, nesse print logo acima, a meta fosse atingir especialistas em atendimento ao cliente, isso seria um sinal de que a estratégia de engajamento com esse público precisaria melhorar, certo?

Por isso, essa informação é fundamental quando você for seguir as 6 técnicas que separei para você.

6 técnicas de como fazer publicação no LinkedIn e engajar mais a sua audiência

Vamos agora à parte prática! Separei aqui as seis principais formas de como fazer as suas postagens engajarem mais.

1. Escreva sobre os problemas do seu público

No artigo sobre os tipos de conteúdos no LinkedIn, oriento que o primeiro passo para a criação de conteúdos na rede é montar a estratégia que tem como base a persona, ou seja, um personagem semi-fictício que representa o público que você quer alcançar.

Uma vez que a persona esteja criada, você passa a entender melhor quais são os problemas que a sua audiência enfrenta e eles serão a base para a criação das suas postagens.

“Mas, se todos já temos tantos problemas na vida, por que devo falar sobre mais problemas?” Caso você esteja se fazendo essa pergunta, o ponto aqui é usar o problema para chamar a atenção do público e, no final, apresentar uma solução.

Por exemplo: imaginemos que você use o LinkedIn para captar trabalhos como freelancer e perceba que um dos problemas do seu público seja conseguir profissionais que entreguem as tarefas dentro do prazo e com qualidade.

Ao criar uma publicação que demonstre as suas capacidades de manter a qualidade de um trabalho dentro do prazo de entrega, você pode começá-la usando o problema como isca para, depois, entregar o seu valor. Portanto, ela poderia ficar assim:

“Durante o tempo em que trabalhei em empresas, percebi a importância de entregar as tarefas no prazo certo. Pois, do contrário, isso gera muitos problemas. Por isso, desde que me tornei freelancer, passei a usar métodos de gestão do tempo (meu favorito é o Pomodoro) para não perder a qualidade e os prazos.”

2. Gere curiosidade nas suas postagens

O LinkedIn tem por padrão mostrar nas suas publicações um máximo de três linhas. Porém, é muito difícil que você produza um conteúdo de qualidade em um espaço tão pequeno, não é mesmo?

Por isso, quando o limite é excedido, aparece um botão de “ver mais” que permite continuar a leitura do texto. Contudo, observe bem o exemplo hipotético abaixo.

“As empresas que não têm uma estratégia digital nos dias de hoje têm mais dificuldade em se destacar no mercado porque, com certeza, seus concorrentes já adotaram uma. Assim, conectar a estratégia aos objetivos do negócio é import…”

Agora me responda com sinceridade: você ficou com interesse de ler o resto desta publicação? Não muito? Pois é, eu também não.

Já que o espaço disponível é tão pequeno, a dica é usá-lo para gerar curiosidade nas pessoas a ponto de elas quererem genuinamente clicar no “ver mais” e continuar lendo. Separei alguns exemplos abaixo para você conferir.

Como fazer publicação no LinkedIn

Perceba como em apenas duas linhas tratei de usar um dos problemas que o meu público tem (ser autêntico) para chamar a sua atenção e motivá-lo a clicar no “ver mais” para ler o post completo em que apresento a solução.

Como fazer publicação no LinkedIn

A publicação feita acima pelo Murillo Leal se assemelha um pouco à do primeiro exemplo que mostra justamente o que você não deve fazer. Mas, note que, aqui, ela oferece uma solução e desperta a curiosidade do leitor ao terminar em “nesta semana quero…”, o que incentiva as pessoas a clicar no “ver mais”. 

Pode ser que o Murillo tenha feito esse acerto sem querer, mas se trata de uma estratégia usada por produtores de conteúdo a fim de fazer a postagem parecer natural e estimular a vontade de continuar lendo.

3. Escreva em primeira pessoa 

Quem tem o costume de ler blogs corporativos deve ter percebido que muitos textos são escritos na segunda pessoa do plural. Afinal, seus conteúdos representam a empresa, por isso é comum alguns dos seus posts iniciarem com expressões como “nós produzimos este artigo e separamos as melhores dicas para você”.

No entanto, é importante lembrar que o LinkedIn é um espaço seu, não da empresa para a qual você trabalha. Por isso, fique à vontade para escrever em primeira pessoa.

Ao se conectar com alguém influente do seu nicho, você certamente vai querer saber o que ele pensa e opina a respeito de vários assuntos. O mesmo acontece com as pessoas que se conectam contigo, elas têm interesse no seu ponto de vista sobre diversos temas, sobretudo os que forem ligados às suas áreas de conhecimento.

O único cuidado a ser tomado aqui é com os achismos. Toda vez que afirmar algum ponto, cite a fonte (seja pessoa, empresa ou site) que o apresentou de forma crível, com base em dados e informações oficiais.

4. Ao usar imagens, dê preferência a rostos humanos

Um estudo recente feito pelo ResearchGate apontou que uso de imagens com rostos atraem mais curtidas e comentários em redes sociais como o Instagram. Afinal, uma vez que se identifiquem com as pessoas das fotos, de forma subconsciente, os usuários se sentem mais motivados a interagir.

Logo, devemos lembrar que o LinkedIn também é uma rede, o que torna a aplicação dessa técnica igualmente importante.

Ao criar publicações no feed ou artigos que tenham alguma imagem em destaque, dê preferência pelas que apresentam rostos. Bancos gratuitos como o Pixabay tem várias opções que você pode escolher.

Claro que o rosto deve estar associado à ideia do conteúdo. Se o tema for “dicas para ter sucesso”, a pessoa na imagem precisa estar com o rosto feliz. Caso seja “razões pelas quais suas estratégias não dão certo”, sua expressão não será de felicidade.

Veja o exemplo abaixo em que usei um rosto que transmite a ideia de conflito e dúvida proposta na postagem.

Como fazer publicação no LinkedIn

5. Escreva artigos baseados nas suas experiências

Alguns parágrafos acima, citei a importância de escrever na primeira pessoa, pois as pessoas querem saber os pensamentos e opiniões vindos de você. Como o LinkedIn é uma rede profissional, elas também terão interesse pelas suas experiências. Por isso, use-as ao escrever os seus artigos.

Se você for expert na sua área a ponto de redigir um texto com orientações valiosas de como ter bons resultados dentro dela, apenas apresentar essas dicas deixaria o conteúdo um tanto simples, não é verdade?

A experiência que você tem é o seu maior diferencial. Então, inseri-la como contexto das dicas fará com que o seu artigo seja único no mundo.

Se você já acompanha o meu blog há algum tempo, deve ter notado o gosto que tenho por séries e filmes que estão em evidência, além dos conhecimentos que tenho sobre Storytelling e Marketing que são alguns dos temas que uso como base nos cursos e palestras que realizo.

Mas, se eu falasse sobre ambos em um artigo, ele ficaria parecido a tantos outros que existem em outros blogs. Porém, ao explicar como seus usos fizeram La Casa de Papel sair do anonimato para o sucesso, criei um conteúdo único baseado na experiência que tive ao ver a série.

6. Incentive os comentários

“Gostou deste conteúdo? Então, deixe um comentário”. Você com certeza já viu alguém dizer isso em blog post, rede social ou vídeo do YouTube. Se na maioria das vezes você não fez comentário algum, não se preocupe, pois você não está só.

Essas chamadas para ação se tornaram muito previsíveis com o passar do tempo e, por isso, pouco convidativas. As pessoas continuam fazendo-a porque sabem que comentários são importantes, pois mostram que a publicação está causando engajamento e isso faz o algoritmo colocá-la cada vez mais em destaque.

Mas, se convidar o público a comentar não surte muito efeito, qual é a forma mais eficiente? Bom, apresento aqui alguns exemplos que você pode aplicar.

Lance um desafio ao seu público

Se você tiver um produto ou serviço e puder dar a ele um desconto, faça um desafio na sua publicação em que as pessoas precisem comentar para participar.

O exemplo abaixo se tratou de um desconto para o meu curso LinkedIn Para Marcas Pessoais em que todos precisavam responder nos comentários quais temas não abordados tanto no meu curso quanto nos demais da concorrência.

Como fazer publicação no LinkedIn

Claro que você pode optar por caminhos mais simples, tal como um sorteio em que você diga “para concorrer ao desconto, deixe um comentário com a hashtag #euquero”. É menos interessante, mas funciona da mesma forma.

Faça enquetes

Apesar de as enquetes terem como proposta votar nas opções apresentadas e ponto final, como as pessoas já iniciam a interação ao respondê-la, algumas a continuam nos comentários, sobretudo se quiser debater a escolha que fez.

O exemplo abaixo é do Max Gehringer. A maioria das pessoas deixou seu voto na enquete, enquanto outras foram para os comentários discutir sobre o assunto. Quanto mais elas conversam sobre os tópicos, mais a publicação ganha visibilidade e destaque no LinkedIn.

Como fazer publicação no LinkedIn

Se ao chegar a este conteúdo, você ainda tinha dúvidas sobre como fazer publicação no LinkedIn que fizesse crescer o seu engajamento, espero que, ao aplicar essas 6 técnicas, você comece a ver os seus resultados crescerem.

Se quiser aprender como criar conteúdos estratégicos para construir sua marca na maior rede profissional do mundo, clique aqui para conferir todas as informações do curso de LinkedIn para Marcas Pessoais e tenha acesso a uma videoaula introdutória gratuita!

Dimitri Vieira

Dimitri Vieira

Sou um escritor e produtor de conteúdo, especializado em Escrita Criativa, Storytelling e LinkedIn para Marcas Pessoais. Minhas maiores paixões sempre foram a música, o cinema e a literatura. Escrevendo textos na internet, consegui unir o melhor desses três universos, e o que era um hobby acabou me transformando em LinkedIn Top Voice e, hoje, se tornou minha profissão.

Gostou do texto? Então, compartilhe.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

E para receber os próximos textos em sua caixa de entrada, inscreva-se na Newsletter gratuita.

Leia também:

Comentários